CURSO EDUCAÇÃO RESPEITOSA E CONSCIENTE

Meu curso vai te ajudar a desconstruir a ideia de que educação deve ser baseada em autoridade e controle.


A educação baseada no respeito e na responsabilidade deixa tudo mais leve e fácil. Acredite!

Isso não significa que sua criança vai deixar de ser criança, que não haverá mais dificuldade ou que vão acabar as birras. Não. Isso é impossível e desconfie de quem promete isso.

Minha promessa é de deixar a coisa mais leve e com mais conexão, entendendo sobre o cérebro da criança e ajustando as expectativas em relação ao desenvolvimento infantil.

Compartilho situações comuns que chegam até mim: sentir culpa por não conseguir ser a mãe ou o pai que gostaria após chegar exausta(o) ao fim do dia; ter que repetir mil vezes as coisas e não contar com cooperação, não conseguir achar um caminho diferente de gritar, dar palmadas e castigos, mesmo sabendo que estes não educam; pais que querem quebrar o ciclo de violência e autoritarismo, mas não sabem como; além dos desafios de saber lidar com as birras e o mau comportamento.

Muitas famílias já perceberam que é possível criar com amor e respeito. 

Portanto, se você quer ser exemplo e criar seres humanos conscientes, deseja que seu filho seja um adulto com saúde emocional, guiado pela ética e consciência (e não pelo medo da punição), que faça a coisa certa mesmo quando ninguém está olhando e que, principalmente, saiba pensar e questionar, este curso é para você.

Público: Mães, pais, cuidadores, professores, psicólogos e todos que queiram aprender formas de estabelecer uma relação de cooperação com as crianças e adolescentes de forma mais empática e respeitosa.

COMO FUNCIONA ?

São 08 aulas gravadas, que você já tem acesso após a confirmação do pagamento.


Assista no seu ritmo e quantas vezes quiser, as aulas ficarão disponíveis até o final de 2022.

Os conteúdos que baseiam o curso são os da Educação Respeitosa e Consciente (ERC), que não é um passo-a-passo, nem um conjunto de regras e muito menos um manual de instruções. É fundamentada na dignidade e no respeito ao ser humano.

São algumas premissas da ERC: a responsabilidade, o respeito, a não-violência física e verbal, a empatia, o acolhimento e o amor.

Este curso não vai te ajudar a acabar com a birra do seu filho em 10 passos, mas vai te ajudar a entender sobre desenvolvimento infantil e a saber o que está por trás desse descontrole emocional. Vai te dar apoio e informação para ajudar você e suas crianças a passarem por isso.


Vai te ajudar a criar seu próprio repertório para lidar com comportamentos naturais e esperados da infância. Vai mudar sua forma de enxergar a educação e te ajudar a achar caminhos para fazer tudo ser mais leve.

Depoimento_edited_edited_edited_edited.jpg

TEMAS DO CURSO

Vamos conversar sobre:

  • Fundamentos da Educação Respeitosa e Consciente

  • Desconstrução da Educação Punitivista e baseada na autoridade

  • Autoconhecimento, gatilhos, honestidade emocional e como lidar com erros

  • Birras, mau-comportamento e descontroles emocionais

  • Respeito, empatia, limites, choro e sentimentos

  • Linguagem infantil, opressão, acolher ou ceder? , conexão e consentimento

  • Marcos de desenvolvimento, autonomia x independência, etapas da vida infantil e idealização da infância.

  • Criação de filhos no século XXI (criação antirracista e inclusiva, telas e redes sociais, educação sexual e segurança íntima, educação horizontal)

  • Reflexões finais e construções possíveis do que está ao seu alcance

IMG_3921_edited.jpg

FACILITADORA

Sou Priscila Bueno Inserra.


Filha, irmã, neta, enteada, mulher, comunicóloga, produtora, professora, empreendedora, esposa, mãe, madrasta, ativista pela primeira infância, pela educação consciente e respeitosa e educadora parental. Nessa ordem. Não de importância, mas de acontecimentos.
Chamada de irreverente na infância, questionadora e rebelde na adolescência, líder de motim na juventude e ativista na fase adulta. Sempre quis mudar o mudo.

Engravidei em 2006, conheci a humanização, Gabi nasceu, virei mãe. Um mundo se abriu.
Engravidei de novo, Sofia não nasceu. Segui, trabalhei muito, me separei.
Sofri, me mudei, meu mundo virou do avesso. Outro casamento, virei madrasta. Engravidei. Clarisse nasceu.

Trabalhar com mães não era mais uma opção, era um chamado, um propósito. Ser apoio, informação e empoderamento. Ajudar famílias, criar uma rede.

Vieram cursos, estudo, muito conhecimento, muitos eventos. São anos de terapia, de autoconhecimento e de desconstrução.

Demorei a ter coragem de me intitular Educadora Parental. Pq acho que a gente não se torna. A gente constrói. Leva um tempo, amadurecimento, experiência, prática, empatia. Há anos atendo mães, sou escuta, informação e apoio. Fui me transformando e me sentindo capaz. Potente.
Sigo atendendo famílias e adoro ver a transformação.

Desde sempre, soube que queria criar minhas filhas de forma democrática, consciente e respeitosa. Com diálogo, de forma horizontal. Não acredito que existam fórmulas para educar, nem que obediência seja o objetivo. Não sigo regras, nem rotinas rígidas. 

Acredito na flexibilidade e na leveza e que cada família deve encontrar seus próprios limites. Acredito que crianças são seres humanos com o cérebro em desenvolvimento, que merecem respeito, escuta. Que são indivíduos que têm querer e necessidade.
Normalizo comportamentos da infância, acredito no amadurecimento natural dos processos, sem pressa ou pressão. Estou do lado da ciência, da humanização do parto e do nascimento, do aleitamento materno e criação com apego. Sou a favor da liberdade de escolha consciente com informação.

Deixo aqui o meu convite para participar do “Curso de Educação Respeitosa e Consciente, criando crianças para o futuro” e mude sua forma de encarar a educação e criação das crianças, e de tudo mais leve e prazeroso! <3

IMG_3725_edited.jpg

"RESPEITA QUEM É RESPEITADO, É FELIZ QUEM SE SENTE AMADO E PERTENCENTE, QUEM É OUVIDO E COMPREENDIDO"

Porque educar de forma respeitosa é algo que envolve entrega, responsabilidade, respeito, conexão, compreensão e muita desconstrução.